BAIRRO SANTA LUZIA

Irineu Castanheira

CRIANDO & SOMANDO IDEAS

 

 
História do Santa Luzia

O Conjunto Habitacional Santa Luzia foi construído numa área de 438.921,94 m² pela COHAB que a adquiriu da MOGI – Empreendimentos Imobiliários S/A, conforme documento registrado em cartório em 07 de abril de 1981; sendo destinadas as quadras de números 38 e 42 para construções públicas.

E as construções residenciais numa área de 186.335,20 m ², situada em um lugar denominado Lagoinha, na nascente do Córrego Lagoinha, o que lhe deu espaço, para a construção de 799 residências construídas pela COHAB/MG; acrescidas atualmente 25% em média; com uma população estimada em 4.000habitantes.  

Cruzamento das avenidas; Jaime de Barros c/ Geraldo Abrão em 1990

O Conjunto Habitacional Santa Luzia, inaugurado na gestão do então prefeito Virgílio Galassi e do então governador de Minas Gerais Francelino Pereira, em 1º de novembro de 1981; sendo que no dia 2 já foram habitadas as primeiras casas, e o Sr. Irineu Francisco Pereira, o Castanheira – diretor do Jornal A Voz do Povo – foi um de seus primeiro habitantes.  

O conjunto teve como a primeira conquista a escola anexa da E. E. Maria Conceição Barbosa, que funcionou em dois galpões da COHAB até 29 de agosto de 1987;  

2ª) o asfaltamento das ruas e avenidas do conjunto em 1982;  

3ª)  conseguiu uma quadra comunitária de esportes, atualmente desativada, ao lado da área-verde local;  

4ª)em 1982 foi criado o Clube das mães Santa Luzia, no salão da Igreja católica, e em seguida começou o movimento comunitário que fundou a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Santa Luzia, registrada em 12 de dezembro de 1983, que começou fortemente a luta pelos benefícios sociais para o conjunto;  

5ª)em 9 de abril de 1984 foi fundada a creche do Santa Luzia. Na área de esportes, foi fundada neste período a Associação de Esportes Santa Luzia Futebol Clube, e também naquele ano foi fundada a escolinha de futebol do Santa Luzia, em 8 de outubro de 1984 foi inaugurado o Centro de Saúde. Em 10 de março de 1985 foi fundado o Centro de Formação Comunitário Santa Luzia para o menor de 07 a 14 anos; em 22 de setembro de 19985 foi inaugurado o Pré – escolar Municipal Santa Luzia, e em 1986 conseguiu junto ao então governador do estado Dr. Hélio Garcia a autorização para a construção do novo prédio com o 2º grau para a E. E. Professor Inácio Castilho, inaugurada em 29 de agosto de 1987, já na gestão do governador Newton Cardoso. Ainda em 1986 conseguiu os primeiro quebra-molas para as portas das escolas e para a Av. Jaime de Barros, próximo a Igreja Católica Santa Luzia; e em 20 de abril de 1986 inaugurou-se a Feira-Livre;  

9ª)conseguiu também o Poliesportivo Santa Luzia, construído na gestão do então prefeito Zaire Rezende e inaugurado na gestão do então prefeito Virgílio Galassi em 1º de abril de 1990 como a E. E. Rio das Pedras em 1990;  

10ª)conseguiu em fevereiro de 1991 a E. E. Dona Alexandra Pedreiro.
 

Ainda em 1991 dia 27 de setembro, foi registrado o clube das mães e amigos do Conjunto Habitacional Santa Luzia “Casa Progresso Pró-menor”.  

Em 1987 foi ampliado o Centro de formação Santa Luzia; e em 1992 foram trocadas portas e colocadas grades de proteção nos vitrôs da creche e Centro de Formação; na área de saúde para a instalação de um gabinete odontológico; ainda em 1992 foram feitas calçadas na Av. Jaime de Barros no trecho compreendido entre a Av. Nadja Alípio Abrão congluência das avenidas Alípio Abrão e Geraldo Abrão; bueiros “bocas-de-lobo” na Av. Geraldo Abrão. 

E em 1994 foi construído paralelamente á área verde um emissário de  esgoto entre as duas passagens centrais ao longo da Av. Alípio Abrão; em 1995 foi inaugurado o gabinete dentário no centro de saúde Santa Luzia, e em 1996 a FUTEL construiu dois banheiros ao lado do salão de jogos no poliesportivo; ainda em 1996 foi iniciada a construção do novo prédio do Centro de Formação do menor de 6 a 13 anos – local onde hoje abriga nossas crianças.  

Em1997 consegue uma nova portaria no CAMARU –Centro de Amostra e Aprendizagem Rural de Uberlândia - , frente ao poliesportivo para beneficiar toda a população do Santa Luzia e região sul da cidade. Dentre os principais trabalhos foi a criação por Irineu Castanheira e Dr. José Pereira de carvalho o projeto "O MEIO AMBIENTE SOMOS NÓS, e para ajudar desenvolvê-lo, convidaram para trabalhar em parceria a E. M. Vademar Firmino de Oliveira - do Parque Granada - , Pré-escolar Municipal do Santa Luzia , E. M. Eurico silva – do Conjunto Viviane - , E. E. Dona Alexandra Pedreiro, E. E. Rio das Pedras, E. E. Inácio Castilho e a E. E. Parque São Jorge desenvolveram o projeto, no período de fevereiro a 5 de junho, quando o Jornal A Voz do Povo e comunidade fizeram realizar a maior manifestação ecológica que contou até então com 3.000 participantes, na qual foram distribuídos folhetos explicativos sobre a importância de se preservar o meio ambiente.

Cujo movimento fez agilizar o processo de proteção ambiental por parte da secretaria Municipal de meio Ambiente, no sentido de  atender as reivindicações dos moradores do Conjunto Habitacional Santa Luzia, que sempre lutara, pela preservação do meio ambiente. Foram construídos 2.670 metros lineares de alambrado com tela galvanizada em volta da área verde e posteriormente o calçadão e Núcleo Ambiental.

 Ao longo desses anos de existência do conjunto, já foram instaladas 6 igrejas, sendo, uma católica, com seu Clube de Mães servindo a comunidade desde 1982, duas igrejas Assembléia de Deus, uma Deus é Amor, uma Quadrangular, uma Presbiteriana a qual construiu e mantém um asilo de idosos.

Já em 1998, conseguiram a mudança de Feira Livre da Av. Nádja Alípio Abrão para a Av. Geraldo Abrão, com o objetivo de beneficiar a toda a população do bairro Santa Luzia e região como também os próprios feirantes. 

Providenciaram a regularização dos papéis do imóvel e recuperou o prédio do Centro de formação do Menor, que atualmente atende cerca de 60 crianças de 6 a 13 anos. Para o bem do moradores do Santa Luzia e região orientado pelo projeto, o meio ambiente somos nós idealizado o desenvolvido por Irineu Castanheira e Dr. José Pereira de Carvalho em 1997; um grupo de pessoas denominado de amigos da lagoa do Santa Luzia, continua a luta pela preservação do meio ambiente, e com essa luta conseguiram a construção do Núcleo Ambiental, que serve para as escolas da região para desenvolverem trabalhos na área de preservação ambiental.

Núcleo Ambiental do Parque Municipal Santa Luzia

 
Clique na miniatura  abaixo para ver o especial do bairro Santa  Luzia de 2007 em PDF
 
 
 
 
 

Copyright © 2003-2005 - Todos os direitos reservados - Irineu Castanheira